Ebooks Grátis

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO!

Estamos às portas de um ano novo. Como nos anteriores, as pessoas externam os seus desejos para próximo ano; suas esperanças, seus sonhos e visões. O que queremos que aconteça em 2010.

Até aí, tudo bem. Mas visão sem ação não se realiza. A ação é o esforço organizado que se colocará para o que se sonhou torna-se realidade. Em outras palavras, você terá que planejar formalmente o que você pretende alcançar no decorrer nos próximos 365 anos.

Raúl Candeloro, principal executivo da Revista Venda Mais e outras, em recente artigo sobre o assunto escreve um artigo para ajudá-lo a começar essa caminhada. Diz o autor:

Sugiro que você aplique a ferramenta 5W2H em suas metas. A técnica tem esse nome porque, originalmente, foi criada em inglês e consiste em responder a estas sete perguntas: What?, Who?, When?, Why?, Where?, How? e How much?. Ou seja: O quê?, Quem?, Quando?, Por quê?, Onde?, Como? e Quanto custa?.

A partir de agora, fica proibido colocar metas, como: “Quero ganhar muito dinheiro”, “Quero emagrecer” ou “Quero aumentar as vendas”, o.k.? Você precisa visualizar o que deseja alcançar, tem de tornar o objetivo realmente um plano de ação, por exemplo:

Meta: aumentar minhas comissões para chegar ao fim de 2010 com R$15 mil para fazer uma viagem pelo nordeste brasileiro.

  1. O que (irei fazer para isso)? – Ampliar minha carteira de clientes, solicitando indicações aos meus clientes e prospectar três clientes a mais por dia.
  2. Por que? – Para vender mais e aumentar minhas comissões.
  3. Como? – Pedirei indicações para os meus clientes por meio de telefonemas e visitas pessoais.
  4. Quem? – Eu e os clientes X, Y e Z.
  5. Onde? – Na empresa e na casa do cliente ou por meio do meu telefone.
  6. Quando? – Durante três dias por semana, nos próximos 11 meses.
  7. Quanto (irei precisar para colocar isso em prática)? – O custo é baixo.

Abrange deslocamentos até o cliente, telefonemas e o custo de alguns cafés, sucos ou refrigerantes.

Pronto, agora é só fazer o mesmo com as suas várias metas. O 5W2H pode ser utilizado até para metas pessoais, como perder aquela barriga adquirida na ceia de Natal, conquistar o sogro ou passar mais tempo com os filhos e a esposa (ou menos)... cada um tem suas metas.

O que estão esperando? Mãos a obra!

FELIZ 2010 PARA TODOS!

Fonte: Raúl Candeloro - http://www.vendamais.com.br

sábado, 26 de dezembro de 2009

A FLOR DA HONESTIDADE

Honestidade no Brasil virou coisa rara. Fico triste ao assistir na tv os apresentadores comentarem que o artista fulano é “muito honesto”, como se isso fosse uma qualidade rara e de poucos...

Ao abrirmos o jornal deparamos diariamente com notícias de “mais um” desvio feito por políticos, pessoas que ocupam altos postos no governo, ONGs, sem que nada ou pouco seja feito, sem falar de ações menores, que também são passíveis da lei, como subornar um guarda, levar a vantagem no preço, usar propaganda enganosa etc.

Como o próximo ano é de eleição, sugiro que as pessoas escolham seus candidatos como um príncipe fez sua escolha na China, no ano 250 a.C. Vejam como:

Conta-se que por volta do ano 250 a.C, na China antiga, um príncipe da região norte do país, estava às vésperas de ser coroado imperador, mas, de acordo com a lei, ele deveria se casar.

Sabendo disso, ele resolveu fazer uma "disputa" entre as moças da corte ou quem quer que se achasse digna de sua proposta.

No dia seguinte, o príncipe anunciou que receberia, numa celebração especial, todas as pretendentes e lançaria um desafio.

Uma velha senhora, serva do palácio há muitos anos, ouvindo os comentários sobre os preparativos, sentiu uma leve tristeza, pois sabia que sua jovem filha nutria um sentimento de profundo amor pelo príncipe.

Ao chegar em casa e relatar o fato à jovem, espantou-se ao saber que ela pretendia ir à celebração, e indagou incrédula:

– Minha filha, o que você fará lá? Estarão presentes todas as mais belas e ricas moças da corte. Tire esta idéia insensata da cabeça, eu sei que você deve estar sofrendo, mas não torne o sofrimento uma loucura.

E a filha respondeu:

– Não, querida mãe, não estou sofrendo e muito menos sou louca, eu sei que jamais poderei ser a escolhida, mas é minha oportunidade de ficar pelo menos alguns momentos perto do príncipe, isto já me torna feliz.

À noite, a jovem chegou ao palácio. Lá estavam, de fato, todas as mais belas moças, com as mais belas roupas, com belas jóias e com as determinadas intenções. Então, finalmente, o príncipe anunciou o desafio:

– Darei a cada uma de vocês, uma semente. Aquela que, dentro de seis meses, me trouxer a mais bela flor, será escolhida minha esposa e futura imperatriz da China.

A proposta do príncipe não fugiu às profundas tradições daquele povo, que valorizava muito a especialidade de "cultivar" algo, sejam costumes, amizades, relacionamentos etc.

O tempo passou e a doce jovem, como não tinha muita habilidade nas artes da jardinagem, cuidava com muita paciência e ternura a sua semente, pois sabia que se a beleza da flor surgisse na mesma extensão de seu amor, ela não precisava se preocupar com o resultado.

Passaram-se três meses e nada surgiu. A jovem tudo tentara, usara de todos os métodos que conhecia, mas nada havia nascido. Dia após dia ela percebia cada vez mais longe o seu sonho, mas cada vez mais profundo o seu amor.

Por fim, os seis meses haviam passado e nada havia brotado. Consciente do seu esforço e dedicação a moça comunicou a sua mãe que, independente das circunstâncias retornaria ao palácio, na data e hora combinadas, pois não pretendia nada além de mais alguns momentos na companhia do príncipe.

Na hora marcada estava lá, com seu vaso vazio, bem como todas as outras pretendentes, cada uma com uma flor mais bela do que a outra, das mais variadas formas e cores.

Ela estava admirada, nunca havia presenciado tão bela cena. Finalmente chega o momento esperado e o príncipe observa cada uma das pretendentes com muito cuidado e atenção. Após passar por todas, uma a uma, ele anuncia o resultado e indica a bela jovem como sua futura esposa.

As pessoas presentes tiveram as mais inesperadas reações. Ninguém compreendeu porque ele havia escolhido justamente aquela que nada havia cultivado. Então, calmamente o príncipe esclareceu:

– Esta foi a única que cultivou a flor que a tornou digna de se tornar uma imperatriz. A flor da honestidade, pois todas as sementes que entreguei eram estéreis.

Moral:

A honestidade é como uma flor tecida em fios de luz, que ilumina quem a cultiva e espalha claridade ao redor.

Nota: O caracter no início do texto significa,em chinês, "verdade".

Fonte: Autor desconhecido – Centro Espírita Fraternidade

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

SUSTENTABILIDADE

Nunca antes se ouviu falar tanto em sustentabilidade como nos dias atuais, entretanto, poucos sabem o que é. Sustentabilidade é um conceito sistêmico relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana.

De acordo com o Relatório Brundtland, elaborado pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, sustentabilidade é o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades.

Propõe-se a ser um meio de configurar a civilização e atividades humanas, de tal forma que a sociedade, os seus membros e as suas economias possam preencher as suas necessidades e expressar o seu maior potencial no presente, e ao mesmo tempo preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais, planejando e agindo de forma a atingir pró-eficiência na manutenção indefinida desses ideais.

Ela abrange vários níveis de organização, desde a vizinhança local até o planeta inteiro.


Para um empreendimento humano ser sustentável, tem de ter em vista 4 requisitos básicos. Esse empreendimento tem de ser:

Ecologicamente correto;

Economicamente viável;

Socialmente justo; e

Culturalmente aceito.

Em artigo publicado na Revista Potência, Marcos Sutiro, Diretor do Colegiado Abreme, escreve:

O futuro do planeta depende muito das ações do presente. Precisamos encarar com seriedade esse desafio colaborando e divulgando a necessidade do equilíbrio ambiental para que as futuras gerações possam usufruir em mundo melhor que o atual.

Cabe a cada um de nós avaliar o nosso modo de vida e, depois, rever alguns conceitos que impactam diretamente na preservação do meio em que vivemos.

Seguem algumas dicas:

Armazene o óleo de cozinha usado em garrafas PET e doe às instituições para a transformação em sabão;

Não deixe a porta da geladeira aberta e evite guardar os alimentos ainda quentes;

Diminua o tempo no banho e escove os dentes com a torneira fechada;

Evite o uso de das sacolas plásticas, utilize as retornáveis;

Ilumine a sua casa com moderação e prefira as lâmpadas econômicas;

Economize papel. Na internet não imprima sem necessidade e quando for preciso, use os dois lados da folha;

Separe corretamente o lixo para reciclagem.

É sempre bom lembrar que somo simplesmente hóspedes na terra, portanto, devemos obedecer às leis locais e deixar um mundo melhor daquele que recebemos. Estas são pequenas atitudes que tornarão nosso planeta mais sustentável aos nossos filhos e netos.

domingo, 13 de dezembro de 2009

A CAMINHADA

Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO, mesmo eu sabendo que as rosas não falam.

Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.

Que eu não perca a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa.

Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas.

Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda.

Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.

Que eu não perca a VONTADE DE AMAR, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim.

Que eu não perca a LUZ e o BRILHO NO OLHAR, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos.

Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.

Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.

Que eu não perca o SENTIMENTO DE JUSTIÇA, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.

Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos.

Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VER, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...

Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia.

Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.

Que eu não perca a vontade de SER GRANDE, mesmo sabendo que o mundo é pequeno...

E acima de tudo... Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois.

A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS E CONCRETIZADA NO AMOR!

UM FELIZ NATAL E ANO NOVO PARA TODOS!

Fonte: Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier)

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

NÃO DESPERDICE SEU TEMPO

Segundo Roger Merrill, um consultor de renome internacional, co-autor do livro First Things First, que já vendeu mais de 3 milhões de exemplares: “Na turbulência do século XXI” estamos ‘soterrados’ com fatos tais como:

  • A existência de uma evidente pressão constante para se realizar mais com orçamentos cada vez menores;
  • O aparecimento de mais oportunidades que cada pessoa pode aproveitar;
  • A inundação de e-mails que tomam um tempo incrível de cada indivíduo;
  • A impressão de que cada pessoa está sempre em crise;
  • A necessidade de fazer coisas demais, com todas parecendo ser importantes;
  • A falta de equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional;
  • A constatação de que quanto mais se faz, mais coisas aparecem para ser feitas;
  • O surgimento de um terrível cansaço, uma verdadeira exaustão, no final de quase todos os dias.

Como muitos de nós não conseguem saber o que é realmente importante, tudo acaba parecendo importante. E quando tudo parece importante, achamos que temos de fazer tudo, o que é uma estratégia errada.

Por outro lado, pessoas nos vêem fazendo tudo e passam a esperar que façamos tudo. É sempre bom lembrar que quem quer ser bom para todo mundo, acaba não sendo bom para ninguém.

Para conseguir uma gestão de tempo eficaz é vital que cada pessoa aplique cinco princípios:

  • 1º Princípio – Proatividade – significa que cada um deve diminuir seu círculo de preocupação – quando o foco é na reação – aumentando seu círculo de influência, antecipando-se aos problemas.
  • 2º Princípio – Importância – quando deve ficar bem claro o que é urgente e o que é importante, e conseqüentemente o que não é nem importante e nem urgente. As organizações de alto desempenho são aquelas que gastam a maior parte do seu tempo no quadrante do não urgente e não importante, ou seja, agindo na prevenção, no planejamento, estabelecendo relacionamentos, privilegiando o empowerment (autonomia para os funcionários), desfrutando do descanso necessário etc.
  • 3º Princípio – Expectativa – sabendo que ela pode ser real, ou melhor, fundamentada em algum princípio eterno ou universal, ser então realista, baseada naquilo que, em vista da nossa situação, podemos razoavelmente esperar atingir ou nos tornar. Assim, nunca devemos confundir a confiança de que acabaremos nos prevalecendo – confiança que jamais podemos nos permitir perder – com a disciplina para enfrentar os fatos mais brutais da nossa realidade atual, quaisquer que sejam.
  • 4º Princípio – Otimização – isto é, aplicando processos de trabalho de eficiência comprovada, os quais quando implementados com sabedoria nas circunstâncias em que nos encontramos, ajudam a maximizar o valor do tempo de cada pessoa.
  • 5º Princípio – Inteligência da navegação – que significa levar até o fim o que cada um, no começo de uma semana, decidiu ser importante fazer, ou então tendo a inteligência de fazer sem temor ajustes caso um desafio ou uma oportunidade inesperada seja realmente mais importante do que aquilo que alguém tenha planejado no início de um período curto de trabalho.

Realmente, é muito boa essa “receita” dada por Roger Merrill para que cada um administre melhor o seu tempo!

Dica: Baixe grátis - planilha desenvolvida em Excel com o objetivo de ajudá-lo a organizar melhor o seu dia administrando e aproveitando melhor o seu tempo. http://superdownloads.uol.com.br/download/52/administracao-tempo/

Fonte: COVEY, Stephen R., MERRILL, A. Roger e MERRILL, Rebecca R. – First Things First, http://www.amazon.com/First-Things-Stephen-R-Covey/dp/0684802031

SILVA, Antomar Marins e – Sonhar é para Estrategistas, Ciência Moderna, Rio de Janeiro – www.lcm.com.br/

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

QUEM MANDA É ELA!

O número de mulheres que ocupam altas posições gerenciais nas empresas, mesmo as tradicionalmente dominadas por homens, vem crescendo.

Pesquisa realizada mostrou que a maioria dos líderes de negócios da América Latina tem apoiado as iniciativas para aumentar o número de mulheres em posições gerenciais.

Segundo um relatório da Conferência das Mulheres Líderes da América, as mulheres constituem entre 25 e 35 por cento dos cargos de gestão na América Latina, mas apenas 10 por cento ocupam postos de presidente ou vice-presidente corporativo.

O que muita gente não sabe é que o Brasil tem, proporcionalmente, o dobro de mulheres em cargos de alta gerência do que os países desenvolvidos, revelou uma pesquisa divulgada pela empresa de consultoria Grant Thornton International.

Com 42% dos cargos neste nível de hierarquia ocupados por executivas, o país só ficou atrás das Filipinas no ranking mundial de nações com melhor distribuição de cargos de gerência entre homens e mulheres.

Por outro lado, em média apenas 17% dos cargos de alta gerência são ocupados por mulheres na Europa. Em empresas dos Estados Unidos, elas detêm 23% das posições.

A diretora-executiva de políticas públicas da
Grant Thornton International, April Mackenzie, considerou "decepcionante" a realidade das empresas na Europa e nos Estados Unidos.

Esperamos poder ver mudanças nos próximos anos, por influência de tantas mulheres que desempenham papéis importantes em empresas e na vida pública (desses países), ela avaliou.

Na outra ponta da lista, está o Japão, onde apenas 7% dos cargos de alta gerência são ocupados por mulheres.

A pesquisa
Thornton International concluiu que existe o seguinte percentual de mulheres em cargos de gerência (% do total de cargos):

1º Filipinas – 50 | 2º Brasil – 42 | 3º Tailândia – 39 | 4º Hong Kong – 35 | 5º Rússia – 34 | 13º EUA – 23 | 28º Itália – 14 | 29º Holanda – 13 | 30º Alemanha – 12 | 31º Luxemburgo – 10 | 32º Japão – 7.

Outra pesquisa, divulgada pelo instituto de recursos humanos Catho revelou que, em instâncias mais altas, a presença de mulheres é mais escassa, apesar de ter crescido nos últimos anos.

Feito com mais de 95 mil empresas, o levantamento da Catho mostrou que mulheres ocupam 20% dos cargos de presidente. Nas empresas com mais de 1,5 mil funcionários, essa proporção cai para 10%.

Média global - As mulheres ocupam, em média, apenas 22% dos cargos de alta gerência entre os países examinados pela Grant Thornton.

A pesquisa também mediu a pura e simples ocorrência de mulheres em altos cargos de gerência das empresas. Novamente, as Filipinas lideraram o ranking, com 97% das empresas do país empregando mulheres neste nível de hierarquia.

O Brasil (83%) empatou em quarto lugar com Hong Kong, atrás ainda da China continental (91%) e da Malásia (85%).

As mulheres brasileiras estão de parabéns!

Fontes:

BCC Brasil - http://www.bbc.co.uk/portuguese/

Catho - http://www3.catho.com.br/institucional/imprensa_read.php?id1=1260&id2=201

Grant Thornton International,– www.gti.org/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...