Ebooks Grátis

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

QUANDO CONTRATAR UM CONSULTOR

Para não correr riscos contratando um consultor, preste atenção nesses pontos abaixo:

  • Porque sua empresa quer contratar um consultor? Não chame os homens de preto se você não souber exatamente o que quer. Analise seu problema e veja aonde sua empresa quer chegar com a solução. Não faça nada se o grupo não estiver realmente convicto de que um consultor é necessário.
  • Sua empresa realmente precisa de consultores para resolver a questão? Se você tiver dentro de casa pessoas capacitadas, tempo, informação e recursos para tocar o projeto, esqueça a consultoria. Ela não fará o menor sentido.
  • Que tipo de consultor contratar? Uma consultoria só será útil se tiver experiência na solução do "Seu" tipo de problema e se souber o mínimo sobre o "seu" negócio. Evite comprar pacotes de idéias.
  • Cheque a reputação e a competência da equipe com clientes que já passaram pelo mesmo processo e tente escolher os consultores mais adequados para a sua necessidade. Peça uma proposta formal a duas ou três consultorias e escolha a que melhor se adaptar às suas necessidades.
  • Quanto tempo o trabalho vai levar? Qual será o custo? Antes de assinar o contrato, negocie prazos e preço. Evite surpresas. Algumas empresas já estabelecem em contrato multas por atrasos injustificados e vinculam os horários da consultoria aos resultados obtidos. Leve em conta a relação custo/benefício. Seus ganhos vão ser pelo menos dez vezes maiores que seus gastos?
  • Nunca desista de controle. Ninguém conhece mais seus negócios do que você e sua equipe. Como diz Arthur Martinez, presidente da Sears: consultores devem agir como capitães, não como generais. Essa tarefa cabe aos executivos da empresa.
  • Não espere por resultados ruins para reclamar. Sua tarefa, como executivo, é acompanhar de perto o andamento dos trabalhos. Se há algo errado, grite, reúna os consultores e corrija o rumo.
  • Valorize seus funcionários. Sozinhos, consultores podem muito pouco. As informações, as idéias e a colaboração do pessoal da empresa são fundamentais para o sucesso da consultoria. Eles têm de ser ouvidos.
  • Controle resultados. Analise, passo a passo, os processos feitos. Quantas das recomendações foram aceitas? Rejeitadas? Modificadas?
  • Ouça. Consultores só fazem sentido se você estiver realmente disposto a ouvir o que eles têm a dizer. Se não houver um real desejo de mudança, você estará jogando dinheiro fora.

    Fontes: How to Select and Use Management Consultants (ACME - Association of Management Consulting Firms), Dangerous Company e Harvard Management Update

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

MARTE VISITA A TERRA

O Planetário Internacional de Vancouver, da British Columbia, Canadá, calculou a precisão em que Marte estará orbitando perto da terra. Será no dia 27 de agosto de 2009. Todavia, o mais interessante de tudo é que isto estava previsto em um código Maia, encontrado na pirâmide ao lado do Observatório Estrelar em Palenque, Chiapas, México.

Com este cálculo matemático, agora os Maias estão sendo vistos como os gregos da América, e orgulho da Guatemala.

Duas Luas no Céu

No dia 27 de Agosto, a meia noite e meia, olhem para o céu, O planeta Marte será a estrela mais brilhante, e será tão grande quanto a lua cheia, e estará a 55,75 milhões de quilômetros da terra.

Não perca!

Pelo menos, quatro ou cinco gerações da humanidade não voltarão a ver este fenômeno natural, e poucas pessoas sabem até o momento, embora tenha sido noticiado em 11 de maio de 2009.

Será como se a terra tivesse duas luas, e este acontecimento só se produzirá no ano de 2287, ou seja, daqui a 287 anos. Divulgue esta informação, pois ninguém terá a oportunidade de rever.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

UM POUCO DE BRASILEIRISMO

Nomes, hábitos, cultura etc. no Brasil vem sofrendo um estrangeirismo que na maioria das vezes creio ser simplesmente moda. Cabeleireiros passaram a ser coiffeeur, vaqueiro virou cowboy, molho de tomate é catch-chup, ligação virou link e assim por diante. Outros motivos são as más traduções de livros, principalmente técnicos, por pessoas que conhecem profundamente o inglês, e por terem fugido das aulas de português ou por comodismo, veem infestando o nosso idioma com livros e artigos escritos no gerúndio.

Como se tudo isso não bastasse, nas escolas se festejam o halloween - Dia das Bruxas, em detrimento do Saci-Pererê, Boitatá, Botos etc., das nossas lendas e mitos.

Por tudo isso, resolvi lembrar aos professores deste nosso imenso país: Dia 22 de agosto é o Dia do Folclore. Falem sobre isso com seus alunos; deem-lhes um pouco de brasilidade. Se não têm tempo para buscar material para isso, aí está a minha contribuição, rapidamente feita na internet (www.suapesquisa.com). Aproveitem!

O que é Folclore

Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.

As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. As lendas procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.

Os mitos são narrativas que possuem um forte componente simbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido às coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidade para dar sentido a vida e ao mundo.

Algumas lendas, mitos e contos folclóricos do Brasil:

Boitatá – Representada por uma cobra de fogo que protege as matas e os animais. Tem a capacidade de perseguir e matar aqueles que desrespeitam a natureza. Acredita-se que este mito é de origem indígena e que seja um dos primeiros do folclore brasileiro. Foram encontrados relatos do boitatá em cartas do padre jesuíta José de Anchieta, em 1560. Na região nordeste, o boitatá é conhecido como "fogo que corre".

Boto – Acredita-se que a lenda do boto tenha surgido na região amazônica. Ele é representado por um homem jovem, bonito e charmoso que encanta mulheres em bailes e festas. Após a conquista, leva as jovens para a beira de um rio e as engravida. Antes de a madrugada chegar, ele mergulha nas águas do rio para transformar-se em um boto.

Curupira – Assim como o boitatá, o curupira também é um protetor das matas e dos animais silvestres. Representado por um anão de cabelos compridos e com os pés virados para trás. Persegue e mata todos que desrespeitam a natureza. Quando alguém desaparece nas matas, muitos habitantes do interior acreditam que é obra do curupira.

Lobisomem – Este mito aparece em várias regiões do mundo. Diz o mito que um homem foi atacado por um lobo numa noite de lua cheia e não morreu, porém desenvolveu a capacidade de transforma-se em lobo nas noites de lua cheia. Nestas noites, o lobisomem ataca todos aqueles que encontram pela frente. Somente um tiro de bala de prata em seu coração seria capaz de matá-lo.

Mãe-D'água – Encontramos na mitologia universal um personagem muito parecido com a mãe-d'água: a sereia. Este personagem tem o corpo metade de mulher e metade de peixe. Com seu canto atraente, consegue encantar os homens e levá-los para o fundo das águas.

Corpo-seco – É uma espécie de assombração que fica assustando as pessoas nas estradas. Em vida, era um homem que foi muito malvado e só pensava em fazer coisas ruins, chegando a prejudicar e maltratar a própria mãe. Após sua morte, foi rejeitado pela terra e teve que viver como uma alma penada.

Pisadeira – É uma velha de chinelos que aparece nas madrugadas para pisar na barriga das pessoas, provocando a falta de ar. Dizem que costuma aparecer quando as pessoas vão dormir de estômago muito cheio.

Mula-sem-cabeça – Surgido na região interior, conta que uma mulher teve um romance com um padre. Como castigo, em todas as noites de quinta para sexta-feira é transformada num animal quadrúpede que galopa e salta sem parar, enquanto substituindo a cabeça, solta fogo pelo pescoço.

Mãe-de-ouro – Representada por uma bola de fogo que indica os locais onde se encontram jazidas de ouro. Também aparece em alguns mitos como sendo uma mulher luminosa que voa pelos ares. Em alguns locais do Brasil, toma a forma de uma mulher bonita que habita cavernas e após atrair homens casados, os faz largar suas famílias.

Saci-Pererê – O saci-pererê é representado por um menino negro que tem apenas uma perna. Sempre com seu cachimbo e com um gorro vermelho que lhe dá poderes mágicos. Vive aprontando travessuras e se diverte muito com isso. Adora espantar cavalos, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas.

DIA DO FOLCLORE - 22 DE AGOSTO

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

SUA EQUIPE É CAMPEÃ?

Alguns especialistas dizem que pessoas trabalhando juntas constituem uma verdadeira equipe de trabalho quando além da interdependência de seus papéis, consegue ser mais criativa, produtiva e resolver os problemas juntos melhor do que individualmente. Isto é, quando existe sinergia os resultados da equipe excedem a soma de seus resultados individuais.

Mas como conseguir isso? Através de Team Building, que pode ser traduzido livremente como construindo equipe. É uma série de atividades objetivando conseguir que um grupo de pessoas se converta em uma equipe eficaz.

Acima de tudo o Team Building é uma atividade de aprendizagem que se pode aquilatar a integração entre os membros do grupo, a fim de levantar seus pontos fracos e fortes, para se promover correções e melhorias.

Essas equipes interagem, trabalham por um objetivo comum, se comunicam e se apóiam. Transformam as habituais relações, rompendo bloqueios de comunicação que surjam num ambiente de trabalho, substituindo-as por outras relações mais fortes e duradouras que são mais difíceis de conseguir no dia-a-dia de trabalho. Além disso, o resultado de inter-relacionamento, liderança, trabalha em equipe, comunicação etc. aplicados ao trabalho, não só melhoram o ambiente em si, como também a motivação e o desempenho da equipe.

Em suma, transformar o trabalho de grupo em uma equipe campeã, altamente eficiente. As atividades do Team Building, que parecem tão simples, trazem melhorias significativas para empresa, tanto que se tornou uma das principais maneiras de lidar com conflitos, melhorias de trabalho, lealdade e motivação.

Entre os principais benefícios:

  • Ajuda a identificar os fatores que impedem o desenvolvimento da empresa.
  • Ajuda a resolver conflitos do grupo.
  • Melhora as relações e o clima no trabalho.
  • Aumenta a motivação.
  • Melhora a comunicação entre os membros do grupo.
  • Aumenta a coesão grupal.
  • Otimiza o trabalho em equipe.
  • Clarifica as idéias e objetivos.
  • Detecta pontos fracos e fortes da equipe.
  • Diminui o stress da equipe.

Pense nisso. Afinal todos saem ganhando: empresa, colaboradores, clientes, fornecedores e stakeholders.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

A EMPRESA PRONTA PARA MORRER

Há uns meses atrás escrevi um artigo sobre a “melhor empresa para falir”. Hoje escrevo sobre a pronta para morrer; aquelas que não aprendem ou não querem aprender. São aquelas que não apresentam os sinais de qualidade e melhoria; onde o trabalho, a cooperação, a comunicação, a equipe etc. são uma obrigação.

Fuja delas, porque são fáceis de reconhecer, pois elas:

Matam a iniciativa e a criatividade – Não aprovam sugestões e mudanças. Quando se insiste, dizem que esta é a forma como se trabalha na empresa e encerram a conversa.

Matam clientes, fornecedores e colaboradores – Demonstram pouco respeito pelas pessoas, apesar de viverem proclamando que a qualidade é o lema da empresa (algumas são até certificadas).

Matam os sonhos e expectativas – Não atribuem objetivos e metas, sufocando o crescimento e o desejo de vencer.

Matam o trabalho em equipe – Manteem uma estrutura que não permite o relacionamento interpessoal e a comunicação. Além disso, alimentam comentários e críticas negativos gerando a desconfiança e a insatisfação entre os colaboradores da empresa.

Matam a comunicação – Exigem sacrifícios desnecessários dos colaboradores privando a necessária vida social e o descanso.

Matam o planejamento – Não dão prioridade aos seus objetivos e metas, dando o mesmo tratamento e respostas para requisitos diferentes sem se importarem com a importância que cada um necessita.

Matam a motivação – Tratam as pessoas da empresa como peões de xadrez, isto é, não valorizam suas potencialidades, habilidades, conhecimentos etc. Destroem os laços que unem pessoas às suas atividades e a motivação com seu trabalho.

As pessoas que trabalham ou trabalharam em empresas deste tipo devem tirar uma lição: conhecer um tipo de administração que deve ser erradicado da moderna organização. Em seu lugar, deve existir uma empresa que valorize e apóie a sua equipe não a matando um pouco todos os dias. Pense nisso antes de trabalhar numa empresa...

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...