Ebooks Grátis

segunda-feira, 20 de julho de 2009

O LIDER: NASCE OU SE FAZ?

As pessoas já nascem líderes ou são feitas? Esta é uma pergunta que sempre me fazem nos treinamentos ou palestras que faço.


A resposta não é tão simples, pois sabemos que existem líderes que nascem com capacidades inatas e outros que são formados em sua vida profissional.


As habilidades inatas favorecem o desenvolvimento do líder, mas também pode ser mais interessante forja-lo através de uma boa formação e trabalho, adquirindo experiência com o tempo vivido.


Independente disso o líder deve tomar decisões, conduzir equipes, motivar, estabelecer relações intra e interpessoais, comunicar-se, treinar etc. Para isso ele deve assistir seminários sobre liderança, assim como ler revistas, livros e artigos sobre o assunto.


Independente disso, ele deve ouvir a voz da sua equipe, para saber o que está andando bem e o que deve ser modificado ou aprimorado.


Ele deve assumir responsabilidades, tomar decisões, solucionar problemas, ver-se frente a situações difíceis, defender posições da equipe, coordenar, recompensar e reconhecer seus colaboradores, isto é forjar-se um autentico líder. Por este motivo, não é bom “super proteger” filhos, pessoas de seu convívio ou do ambiente profissional. É muito importante que desde pequeno eles conheçam o valor do esforço, e que enfrentarão certas dificuldades que lhes serão úteis por toda vida.


É importante favorecer os colaboradores que assumem responsabilidades e que não tenham medo de enfrentar problemas. Se trata de prepara-los para que no futuro sejam capazes de tomar as rédeas dos negócios da empresa.


A educação formal e a experiência são aspectos que devem fazer parte da formação de qualquer pessoa desde a juventude, para poder desenvolver suas capacidades de liderança.


O líder não tem que ser um “sabe tudo” ou um especialista na matéria, mas terá que possuir uma formação sólida e integral, que lhe permita ter idéias e um conhecimento global da atividade que desenvolva.


A liderança se baseia no reconhecimento espontâneo por parte dos participantes do seu grupo. Se eles não reconhecerem o participante como líder, terminarão por rechaça-lo.


Por fim, lembre-se sempre das palavras do General H. Normam Schwarzkopf: Liderança é uma potente combinação de estratégia e caráter. Mas se você tiver que abrir mão de um dos dois, descarte a estratégia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...