Ebooks Grátis

sexta-feira, 10 de junho de 2011

SETE DICAS PARA MELHORAR O PLANEJAMENTO

A falta de planejamento pode ser um erro fatal para o sucesso de um negócio. De acordo com especialistas da área, ele deve estar presente não só no momento da abertura da empresa, mas deve ser revisto e aprimorado ao longo de toda a sua trajetória.

Segundo um estudo do órgão de apoio ao empreendedor, em 2015 haverá uma empresa para cada 24 habitantes no Brasil. Diante deste cenário de competição, não há espaço para amadorismo - é preciso planejar os negócios com eficácia.

Em um relatório divulgado pelo Sebrae-SP, o consultor Reinaldo Messias destacou sete dicas para fazer um bom planejamento. Confira:

1. Coloque suas ideias no papel

O compromisso formal do empreendedor com o negócio é fundamental para o sucesso. É importante que ele defina o planejamento como um documento operacional, no qual descreve o que pretende e como vai chegar lá, com prazos para cumprir, assim como o investimento necessário para executar.

2. Dê um passo de cada vez

Para fazer um bom planejamento, é preciso seguir algumas etapas. O empreendedor deve avaliar a oportunidade que pretende aproveitar, com olhar financeiro do investimento, lucro e prazo de retorno. Também calcular os recursos, financeiros e humanos, necessários para pôr o plano em prática.

3. Defina prazos

Não basta definir quais são as tarefas que devem ser executadas - é importante determinar prazos para cada uma delas no plano. Estabeleça prioridades, defina procedimentos, faça uma coisa de cada vez. Falta de objetivos claros e reuniões desnecessárias são alguns dos mais famosos desperdiçadores de tempo, aponta o consultor.

4. Faça um monitoramento constante dos planos

O planejamento não pode ser estático - ele não é feito para ficar guardado em um arquivo no computador. Ele deve ser validado, de tempos em tempos, pelos resultados que vai oferecendo. Caso os cenários e as condições mudem, os planos devem acompanhar a mudança.

5. Seja claro e objetivo

A linguagem de um planejamento deve ser clara o suficiente para que qualquer um entenda, mesmo que você não pretenda dividi-lo com ninguém. Ainda que não tenha um sócio, discuta com outra pessoa, como um amigo ou consultor, suas ideias, antes de arriscar tudo somente pelo seu ponto de vista.

6. Fique atento às ameaças

Um planejamento ruim pode colocara empresa em risco, especialmente em situações de crise. Quando o momento econômico é de crescimento, um planejamento incorreto pode até mesmo ser encoberto por condições favoráveis. Entretanto, quando os mercados se tornam mais competitivos e restritivos, um planejamento incorreto pode colocar em risco recursos financeiros preciosos, e até mesmo levar ao fim das atividades da empresa.

7. Tenha sempre um plano “B”

Evite apostar tudo em uma única estratégia. Tenha sempre na manga medidas para conter eventuais imprevistos, que podem comprometer o objetivo final. Uma dica é nunca consumir todo capital disponível (dinheiro, tempo e recurso) para apostar numa nova ideia.

Fonte: Reinaldo Messias - Engenheiro mecânico, MBA em Administração de Negócios pela FGV, Atuo como Consultor Empresarial no Sebrae SP desde 1997, palestrante especializado em Gestão de Negócios 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...